Crise faz empreendedorismo por necessidade voltar a crescer no Brasil

Depois de fazer mais de 30 entrevistas e procurar emprego por um ano e meio, Cael Horta, formada em marketing, decidiu trabalhar por conta própria em 2016. Sem dinheiro e com um financiamento imobiliário para pagar, abriu uma agência de marketing digital em São Paulo. Hoje trabalha em casa, sozinha, e fatura entre R$ 3 mil e R$ 4 mil por mês.

“Eu tinha um bom currículo e não entendia por que não era contratada. Era só o meu marido para pagar todas as contas, eu tinha urgência em voltar a trabalhar”, lembra Cael.
Assim como ela, muitos brasileiros que perderam o emprego na crise enxergaram no empreendedorismo a saída para voltar ao mercado de trabalho. Segundo o Sebrae, 11,1 milhões de empresas foram criadas por necessidade nos últimos 3,5 anos no Brasil.

Assim como ela, muitos brasileiros que perderam o emprego na crise enxergaram no empreendedorismo a saída para voltar ao mercado de trabalho. Segundo o Sebrae, 11,1 milhões de empresas foram criadas por necessidade nos últimos 3,5 anos no Brasil.

Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *