Confira os principais destaques nos noticiários desta quarta-feira (01)

Economia e noticiário internacional são os assuntos nas manchetes dos principais jornais brasileiros desta quarta-feira (01). Abrindo o quadro, O Estado de S.Paulo relata que o volume de salários subiu R$ 7 bilhões em um ano; Correio Braziliense afirma que a MP que aumentou a alíquota previdenciária dos servidores federais deve reduzir salários dos funcionários do Distrito Federal; Valor Econômico informa que a nova MP que muda taxação de fundos atinge a alta renda; e O Globo destaca que atentado em Nova York matou 8 pessoas e deixou outras 11 feridas.

Volume de salários sobe R$ 7 bilhões em um ano

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) mostram que o mercado de trabalho no país movimentou R$ 188,1 bilhões em salários no terceiro trimestre, R$ 7 bilhões a mais do que no ano passado, relata O Estado. Outras chamadas: Terrorista atropela e mata 8 em NY; Emprego cresce com vagas informais; Senado muda projeto de lei ‘anti-Uber’.

MP deve reduzir salários de servidores do DF

A medida provisória editada pelo presidente Michel Temer (PMDB), aumentando a alíquota de contribuição previdenciária de 11% para 14% vai impactar nos salários dos servidores do Distrito Federal, cuja contribuição não pode ser menor que a dos funcionários federais, afirma o Correio. Outros destaques: Operação contra máfia faz Cebraspe demitir 33; A volta do terror a Nova York; Desemprego recua e salário volta a subir.

MP que muda taxação de fundos atinge a alta renda

Medida provisória editada essa semana muda a tributação sobre fundos de investimentos que movimentam grandes quantias e que normalmente são de propriedade de investidores de alta renda, informa o Valor. Outras chamadas: Relatório adia prazo do Refis do Funrural; STJ nega ação contra câmara de arbitragem;

Atentado em Nova York mata 8 pessoas e deixa outras 11 feridas

Um motorista em uma caminhonete atropelou e matou 8 pessoas, além de deixar outras 11 feridas, em uma ciclovia ao lado do Rio Hudson, em Manhattan, no primeiro atentado terrorista com vítimas em Nova York desde o 11 de setembro, reporta O Globo. Outros destaques: ‘Linha de comando precisa ser investigada’; Alívio na renda do trabalhador; Lei do Uber volta à Câmara.

Bolsa e dólar recuam

O Ibovespa fechou ontem com queda de 0,66%, aos 74.308 pontos. O giro financeiro foi de R$ 7,45 bilhões. O dólar encerrou a R$ 3,2726, queda de 0,31%.

Por Abinee

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *