Exército remove mais de 800 venezuelanos ilegais de praça em Boa Vista, Roraima

Por Lucas Lyra

 

O Exército brasileiro, em uma operação que envolveu 200 militares e mais de 100 civis, removeu neste domingo (6), mais de 830 venezuelanos que estavam acampados em uma praça no centro da capital de Roraima, Boa Vista.

O local já havia sido cercado com tapumes no último mês para tentar conter a chegada de novos estrangeiros no local. Sem sucesso, a prefeitura da cidade esperou dois abrigos humanitários que estavam em fase final de construção ficarem prontos para realizar a operação deste domingo.

Mais de 210 militares da Força Tarefa Logística Humanitária, além de 25 guardas civis municipais, além de servidores da Secretaria Municipal de Gestão Social e integrantes da ONU participaram da operação.

Segundo o coronel Swami Fontes, assessor da Força Tarefa, a operação foi planejada há semanas. “Todos que estão na praça Simón Bolívar serão abrigados nesses dois locais temporários porque eles têm capacidade suficiente para todas essas pessoas, são 900 vagas disponíveis “, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *