ARTICULAÇÃO :Aliados de Bolsonaro disputam espaço e indicações de ministros” Confira outras informações na coluna JPM desta terça-feira (16)

 

BOLSA DE APOSTAS

Diante da perspectiva de Jair Bolsonaro sair vitorioso no segundo turno das eleições, a coluna JPM apurou que grupos aliados de Jair Bolsonaro (PSL) estão disputando espaço e indicações de ministérios  O candidato já confirmou os nomes do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) para a Casa Civil, do general da reserva Augusto Heleno para o Ministério da Defesa e de Paulo Guedes para a Economia (atuais Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio). Mas ainda há outras vagas abertas e em disputa

 

O PREFERIDO

Faltando poucos dias para o fim do segundo turno, com as pesquisas indicando Jair Bolsonaro (PSL) como favorito, o economista Paulo Guedes e sua equipe trabalham para definir alguns pontos ainda em aberto na agenda econômica.  A ambição do grupo é produzir uma ampla reforma fiscal. Em

 

uma analogia, o ponto de partida é o teto dos gastos, que será mantido e sob o qual serão

 

Fachin arquiva investigação contra Maggi

Finalmente a justiça foi feita!  A pedido da Procuradoria-Geral da República, o ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), arquivou na quinta-feira (11) inquérito embasado na delação da Odebrecht que cita o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT), e o ex-governador de Mato Grosso do Sul José Orcírio Miranda, o Zeca do PT, hoje deputado federal. Ao final de setembro, a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, enviou manifestação ao STF afirmando que as investigações não identificaram elemento de prova mínimo para que fosse ofertada a denúncia no caso — o que seria o próximo passo na investigação.colocados pilares que buscam cortar gastos.

 

 

 

DECISÃO INTERNACIONAL

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse nesta terça-feira)16) em publicação no Twitter que vai extraditar imediatamente o ex-ativista italiano se for eleito, e agradeceu a uma mensagem de apoio do vice-primeiro-ministro italiano Matteo Salvini na rede social.”Reafirmo aqui meu compromisso de extraditar o terrorista Cesare Battisti, amado pela esquerda brasileira, imediatamente em caso de vitória nas eleições. Mostraremos ao mundo nosso total repúdio e empenho no combate ao terrorismo”, disse Bolsonaro em mensagem publicada tanto em português como em italiano.

 

 

EM ALTA

O instituto Ibope divulgou nessa segunda-feira o resultado de sua primeira pesquisa de intenções de voto para o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado no último fim de semana. Se o pleito do dia 28 fosse realizado agora, Jair Bolsonaro (PSL) teria 59% dos votos válidos, enquanto seu adversário Fernando Haddad (PT) ficaria com 41%.

 

MAGGI CONTRARIA JAYME

Ministro da Agricultura e um dos acionista da multinacional Amaggi, Blairo Maggi (PP) rebateu a proposta do senador eleito, Jayme Campos (DEM), para que o governo Mauro Mendes (DEM) passe a taxar o agronegócio em Mato Grosso.
Para Maggi, a cobrança de ICMS pelo Estado, já que a Lei Kandir exonera os produtos exportados, diminuiria a produção de soja, milho e algodão. “Eu não tenho dúvida nenhuma disso, que a cobrança de impostos nesse setor vai retirar muita gente da produção, principalmente de regiões distantes”, disse o ministro.

 

LEI KANDYR

Segundo Maggi a Lei Kandir, que é uma norma federal, segue os padrões mundiais, já que em “nenhum lugar do mundo se exporta impostos”. “Quer dizer, nós estamos dentro de uma regra que é para todo o mundo. E principalmente o Estado de Mato Grosso porque a gente fica muito distante dos Portos”, lembra.ELEIÇÕES 2018 Haddad diz que não manterá ninguém da equipe econômica de Temer se for eleitoPetista disse que quer construir um governo o mais amplo o possível e que continua fazendo sondagens a pessoas que respeita

SONHO DE HADDAD

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira que sua campanha decidiu não manter ninguém da equipe econômica do atual presidente, Michel Temer, caso seja eleito.”A partir do dia 1º de janeiro, a equipe do Temer sai e entra uma nova equipe. Bolsonaro diz que vai manter, nós não vamos manter ninguém do alto escalão da equipe econômica do Temer”, disse Haddad durante coletiva de imprensa em São Paulo.

 

 

CAMPANHAS DE BOLSONARO E HADDAD

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, se reúne com advogados das campanhas dos candidatos à presidente da República Jair Bolsonaro e Fernando Haddad,, no TSE. Na pauta, entre outros assuntos, medidas de combate a crimes eleitorais no segundo turno das eleições, como as notícias falsas (fake news) veiculadas especialmente nas mídias sociais

 CRIMES ELEITORAIS 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Ministério da Segurança Pública devem assinar  nesta terça-feira (16) acordo para implementação de medidas de combate a crimes eleitorais no segundo turno da disputa presidencial e em 13 estados e no DF, que ocorrerá em 28 de outubro. Entre as medidas estão orientação conjunta de como os mesários devem atuar em caso de denúncias de fraudes; um aplicativo para uso dos mesários; e convocação de técnicos do TSE para trabalhar no Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições 2018 no dia da votação do segundo turno.

 

TSE JULGA REPRESENTAÇÕES 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza sessão plenária para o julgamento de processos. Na pauta, análise de representações e recursos relativos às Eleições 2018, entre outras matérias.

EFEITO BOLSONARO

O dólar renovou mínima a R$ 3,6918 (-1,24%) no mercado à vista na manhã desta terça-feira, 16, em meio a ingresso de capital estrangeiro pela via financeira, diz o diretor da corretora Correparti, Jefferson Rugik. No mercado futuro, o dólar para novembro caiu à mínima de R$ 3,6950 (-1,22%).ConteúdoRugik avalia que a ampliação das perdas ante o real reflete em parte o dólar fraco lá fora e a quase certeza da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

 

FRASE DO DIA

“O Brasil é uma Federação e estado é uma realidade diferente. Existem estados onde a diferença local é mais nítida, como MDB e PSDB, e em outros onde a diferença é menos nítida e há uma unidade nacional maior, como PSOL”, avalia o  Professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o cientista político Joviniano Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *