Seguro rural deve ter total de R$ 580 milhões em 2019

O setor agropecuário deve conseguir repor R$ 150 milhões para o seguro rural em 2019, após articulação da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e entidades de produtores. O Ministério da Agricultura havia anunciado, em junho, durante lançamento do Plano Safra, que teria R$ 600 milhões para o programa de subvenção na temporada 2018/2019, mas o projeto orçamentário elaborado pelo governo e enviado ao Congresso Nacional previa apenas R$ 450 milhões. Na comissão setorial que analisou as propostas específicas para a área da agricultura, houve novo corte e o valor caiu para R$ 430 milhões. Agora, com a inclusão de uma emenda, os recursos totais devem ser de R$ 580 milhões.

A Comissão Mista de Orçamento deve votar ainda nesta quarta-feira, dia 12, o relatório do senador Waldemir Moka (MDB-MS). A intenção é aprovar o projeto em plenário nesta semana.

A confirmação da alocação de recursos para o seguro rural foi feita por um assessor que trabalha diretamente na elaboração do relatório. Ele também afirmou que a futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pediu atenção especial para valores para o fomento, que inclui projetos para compra de produtos agropecuários, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), e compras de maquinário agrícola, por exemplo, importante principalmente para a agricultura familiar. Esse setor, aliás, está apreensivo porque o projeto inicial do governo também previa cortes de mais de 40% no PAA para 2019 em relação a 2018.  “Vai haver recomposição, foi pedido direto da Tereza Cristina para a área de fomento”, disse a fonte.

Outro ponto que deve receber importante volume de recursos é o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Animal (Suasa), para programas de defesa agropecuária. Os valores finais, no entanto, não foram divulgados.

 Via Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *