Meninas do Complexo do Alemão são selecionadas para escola de balé do Teatro Municipal

O ano de 2019 começou com boas notícias para Bianca, de 8 anos, Ingrid e Kethellyn, de 9. As três meninas, moradoras do Complexo do Alemão, foram selecionadas para a escola preparatória de balé do Teatro Municipal, a mais antiga instituição brasileira dedicada ao ensino da dança e formação de bailarinos clássicos.

— Foi uma surpresa muito grande — comemora Noemi Vicente, de 46 anos, mãe da Bianca, que começou no balé com apenas quatro anos. — Quando fomos fazer o teste eu conversei com ela que não teria problema se ela não passasse, pelo menos teria sido uma experiência. Eu realmente não achava possível, até chegar a notícia.

O processo para a instituição aconteceu no início de fevereiro e contou com mais de 500 candidatos para todas as turmas da instituição. As meninas irão para o nível preliminar, que conta com 36 alunos. O talento delas chamou a atenção de Hélio Bejani, diretor da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, nome oficial da escola preparatória do Municipal. Ele garante ser “muito raro” não acertar na escolha de seus alunos.

— A expectativa é muito boa, é sempre uma renovação. O balé é subjetivo, envolve uma questão artística que faz, com o tempo, entendermos cada aluno. — explica o professor. — A gente tem uma missão. O prazer de tudo isso é ajudar também na educação, além de ensinar o balé. Estamos formando um ser humano, um cidadão, essa é a prioridade.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *