Concurso mundial de Turismo Gastronômico com inscrições abertas

Termina no próximo dia 5 de março o prazo para participar do 1º Concurso de Startups de Turismo Gastronômico da Organização Mundial do Turismo (OMT), promovido conjuntamente com o Centro Culinário Basco (CCB), da Espanha.

A seleção, aberta a empresas e pessoas físicas de todos os países por meio do link www.gastronomytourismventures.org, busca reconhecer empreendedores responsáveis por ideias inovadoras e com potencial de integrar as duas áreas, de forma a estimular a realização de viagens.

Os cinco finalistas serão conhecidos em 1º de abril e o anúncio do vencedor ocorrerá durante o 5º Fórum Mundial de Turismo Gastronômico, de 2 a 3 de maio, na cidade espanhola de San Sebastián.

Os projetos devem focar tecnologias voltadas à superação de desafios no setor e estar ligados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, como a redução de desigualdades.

Os participantes precisam expor modelos de trabalho relacionados à sustentabilidade e ao envolvimento da cadeia produtiva local, além de agregar valor ao patrimônio cultural da região onde atuam. O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, ressalta que a gastronomia contribui para a geração de emprego e renda por meio do turismo. “O turismo é uma enorme fonte de emprego e seu efeito multiplicador tem repercussões em outros setores, como a gastronomia e sua enorme cadeia de valor”, argumenta.

O primeiro colocado vai conquistar um selo internacional e receberá acompanhamento do CCB da Espanha. A instituição acadêmica, filiada à OMT, possui um Conselho formado por 11 dos principais chefs do mundo e tem como objetivo o ensino superior, a pesquisa e a promoção da gastronomia como alavanca de desenvolvimento.

O ministro do Turismo no Brasil, Marcelo Álvaro Antônio, incentivou a inscrição de brasileiros no concurso da OMT. “Dados do MTur mostram que 95% dos estrangeiros que vêm ao país elogiam a nossa gastronomia. A participação de brasileiros certamente vai incentivar a inovação nesta área, além de reforçar o apelo da nossa culinária para a atração de visitantes”, justifica.

Fonte: Mundo Lusiada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *