MT: Governador apresenta balanço e demonstra a retomada dos investimentos pelo Estado

O governador Mauro Mendes apresentou o balanço do Estado dos últimos 15 anos, em que retrata os fatos que levaram Mato Grosso a uma dívida com 11.424 fornecedores, além de prefeituras e Poderes, na ordem de R$ 3,6 bilhões. Paralelamente, mostrou todas as ações desenvolvidas pela atual gestão que já permitiram a retomada dos investimentos.

Esse balanço foi divulgado durante o Fórum de Governo e Prefeituras, que começou nesta quinta-feira (4), em Cuiabá. Na ocasião, o governador também anunciou a autorização para a retomada ou início de 114 obras, em 90 municípios do Estado, que irão movimentar quase R$ 1 bilhão.

“Estamos trabalhando por um único objetivo, que é levar serviços públicos de qualidade para a população de Mato Grosso. E garanto aos senhores que nenhuma obra será iniciada ou retomada nesse Estado sem que haja dinheiro para o seu término”, destacou Mauro Mendes, frisando que “o Governo irá precisar e muito dos prefeitos, que sejam parceiros, tenham paciência, mas que estará aberto às críticas e cobranças”.

A retomada das obras, segundo o governador, é fruto de um trabalho conjunto que passou pelas leis aprovadas pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que oportunizaram aumentar a arrecadação e frear o crescimento da máquina pública, e também do trabalho realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Logística e pelo vice-governador Otaviano Pivetta.

Mauro Mendes fez questão de destacar a importância da busca pelo reequilíbrio econômico, que é uma meta que foi traçada desde o primeiro dia de gestão.

 

“Por isso estamos cortando os gastos, otimizando os recursos, controlando o crescimento da folha e melhorando a arrecadação, além disso, estamos sendo muito atuantes no combate à sonegação fiscal”, ressaltou, acrescentando que o Estado de Mato Grosso é de todos e, por isso, é necessário olhar para os municípios que é onde vivem os cidadãos.

Ainda segundo o governador, apesar de haver muito trabalho ainda pela frente, na busca por organizar e “arrumar a casa”, ele está otimista com o cenário que se vislumbra. “Nós teremos ainda muitos assuntos a serem discutidos, mas nós já conseguimos imaginar que será possível fazer muita coisa em prol da sociedade”, destacou, frisando que o momento é de união entre o governo, os deputados estaduais, a bancada federal e os prefeitos. “Precisamos trabalhar para mais de 3 milhões de mato-grossenses”.

O evento contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho, que destacou a importância do trabalho já realizado pela atual gestão na busca pelo reequilíbrio fiscal e da parceria com o Executivo. Para Botelho, é importante destacar as ações já realizadas pela Assembleia que possibilitaram que fosse possível começar o trabalho de reorganização da administração pública.

O deputado federal Neri Geller, líder da Bancada Federal, também compareceu ao evento. Para ele, o momento é de concentrar esforços pela reconstrução de Mato Grosso.

Também participaram do evento a primeira-dama Virginia Mendes, o vice-governador, os deputados Dilmar Dal’Bosco, Max Russi, Janaina Riva, Thiago Silva, Ondanir Bortolini, o Nininho, Valmir Moreto e Sebastião Rezende, além do ex-deputado federal Júlio Campos, do superintendente da Caixa Econômica em Mato Grosso, Moacir do Espírito Santo e dos secretários de Estado.

Fonte: Secom MT

Foto por: Mayke Toscano – Secom/MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *