LULA SOLTO? : STF deve julgar pedido de liberdade do ex-presidente nesta 3ª-feira. Confira outras informações na coluna JPM  de hoje

POSSIBILIDADE

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, incluiu na pauta de julgamentos desta terça-feira (11) um pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).O julgamento entrou na pauta do colegiado após a publicação de reportagens pelo site Intercept que mostram uma suposta colaboração do hoje ministro da Justiça, Sergio Moro, então juiz responsável pela Lava Jato em Curitiba, e o coordenador da operação no Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol.

 

MAIS JULGAMENTO

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), informou hoje  que a Segunda Turma da Corte deve julgar no dia 25 deste mês um habeas corpus (HC) em que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pede que seja declarada a suspeição do então juiz Sergio Moro no julgamento do caso do triplex no Guarujá (SP).O argumento central da defesa é o fato de Moro ter aceitado, em novembro, o convite para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro.

 

GOVERNADORES EM BRASÍLIA

O  foco principal da 5ª reunião do Fórum de Governadores, que será realizada nesta terça-feira, em Brasília, é a  busca por um consenso em torno da permanência dos estados na reforma da Previdência. O encontro dos políticos acontece  em meio às repercussões da divulgação ilegal de diálogos entre procuradores da Lava-Jato e o então juiz federal Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, que pode afetar votações no Congresso. Os participantes do Fórum se dividem sobre pontos cruciais do projeto do governo para  Previdência

CÚPULA REVOLTADA

A demissão do ex-deputado Carlos Manato do comando da Secretaria Especial para a Câmara provocou revolta na cúpula do PSL e azedou as relações entre o partido do presidente Jair Bolsonaro e o DEM. Irritados, parlamentares do PSL criticaram duramente o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, por dispensar Manato e nomear o também ex-deputado Abelardo Lupion para o cargo, que cuida das negociações políticas com a Câmara.

 

CÂMARA BLINDADA

Em sua conta no Twitter, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que vai “blindar a Câmara de qualquer crise”. O deputado esteve presente no 5º Fórum de governadores na manhã desta terça-feira, 11, em Brasília, onde os chefes do Executivo estaduais discutiram a manutenção dos municípios e Estados na Reforma da Previdência.Maia ainda escreveu que todo o esforço e foco da Câmara estão na aprovação das reformas e de todos os projetos que são “essenciais para o Brasil”. “Nada é mais importante do que o resgate da confiança, com o equilíbrio das contas públicas e a geração de empregos no país”, completou o demista.

NEGOCIAÇÃO

Os grandes bancos brasileiros estão negociando com a Odebrecht uma recuperação extrajudicial do conglomerado, disse hoje o presidente-executivo do Bradesco, Octavio de Lazari.”Estamos preparados para todos os cenários, mas estamos negociando a possibilidade de recuperação extrajudicial”, disse Lazari a jornalistas, após palestra em evento de tecnologia do setor bancário.

MAIS UM

Alvo de pressão de ruralistas liderados pelo secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antonio Nabhan Garcia, o general Franklimberg Ribeiro de Freitas deve deixar a presidência da Fundação Nacional do Índio (Funai).O general, no entanto, informou que não pretendia pedir demissão e disse que aguardaria uma posição oficial.

 

 

 

ECONOMIA

O percentual de famílias endividadas no país ficou em 63,4% em maio. Segundo dados divulgados hoje (11) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a parcela de famílias endividadas é superior à registrada em abril (62,7%). Essa é a quinta alta consecutiva do indicador nesse tipo de comparação.A parcela dos endividados também cresceu na comparação com maio do ano passado, quando foi registrada uma taxa de 59,1%.O percentual de famílias inadimplentes, isto é, com dívidas ou contas em atraso, ficou em 24,1%, acima dos 23,9% de abril deste ano, mas abaixo dos 24,2% de maio de 2018.

FRASE DO DIA

 “ O estilingue funciona para quem está na vitrine””Coitado do juiz Moro. O presidente (Jair Bolsonaro) o colocou numa sabatina permanente quando anunciou que houvera um acordo para ele deixar uma cadeira efetiva (de juiz federal), abandonando 22 anos de magistratura, para vir pra Esplanada e ser auxiliar dele, colocando-o na vitrine”, comentou o ministro Marco Aurélio Mello, ao chegar para a sessão da Primeira Turma nesta terça-feira, 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *