EXPECTATIVA DE APROVAÇÃO: Câmara deve votar reforma da Previdência nesta quarta-feira(10). Confira outras informações na coluna JPM de hoje

 

CONGRESSO TENSO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A expectativa é muito grande. O presidente da Casa, Rodrigo Maia, marcou para esta quarta-feira a sessão que deverá votar a nova regulamentação para aposentadorias. O texto precisa ser votado em dois turnos e 308 deputados devem ser favoráveis a medida para que o texto posso ser enviado ao Senado.Além da liberação de emendas, as negociações por votos pela aprovação da reforma da Previdência passaram pelo compromisso do Palácio do Planalto e ministros do Governo de, no segundo semestre, acelerar as demandas dos deputados que estão encalhadas nos ministérios.Em entrevista e manifestação nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que a liberação de emendas é uma ação normal de governo e não a relacionou à votação da Previdência -declaração que difere da de seu ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que reconheceu que a aproximação da votação da reforma impulsionou a liberação das verbas.

IMPACTOU

Outro assunto que movimentou os bastidores foi a declaração do  presidente Jair Bolsonaro  no sentido de  que indicará um ministro evangélico para o Supremo Tribunal Federal (STF), pois, para ele, a busca pelo “resgate dos valores familiares” deve estar presente em todos os poderes do país. “Entre as duas vagas que terei para indicar para o Supremo um deles será terrivelmente evangélico”, disse, durante sua participação  nesta quarta-feira, em um culto da bancada evangélica na Câmara dos Deputados.

É BOM LEMBRAR

O governo reduziu em maio as normas para a prestação de contas de igrejas em um aceno à bancada evangélica, que pode ampliar o apoio à reforma da Previdência. Lideranças da bancada evangélica solicitaram ao presidente Jair Bolsonaro mudanças nas exigências tributárias para igrejas e instituições filantrópicas.

AUMENTO DO FUNDO

Criado para compensar o fim das doações empresariais, o fundo eleitoral poderá mais do que dobrar no ano que vem e receber até R$ 3,7 bilhões para financiar campanhas de candidatos a prefeito e a vereador em todo o País. O acréscimo de R$ 2 bilhões terá como origem recursos públicos do Orçamento da União.A previsão de aumento está no parecer do deputado Cacá Leão (PP-BA), relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)

TABATA DISSIDENTE

O PDT ameaça expulsar a deputada Tabata Amaral (SP) se ela votar a favor da reforma da Previdência. O presidente do partido, Carlos Lupi, disse que quem apoiar as mudanças na aposentadoria propostas pelo governo será punido com o desligamento. A parlamentar é favorável à reforma e lidera um grupo dentro do PDT que também promete acompanhá-la na votação. O ex-ministro Ciro Gomes chegou a telefonar para a deputada, pedindo para que ela seguisse a orientação do partido, mas não obteve sucesso

SEGUNDA INSTÂNCIA

No dia em que as atenções estavam voltadas para a reforma da Previdência, a Câmara rejeitou uma das principais bandeiras do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e dos procuradores da Lava Jato. O grupo de trabalho criado para analisar o pacote anticrime apresentado pelo ex-juiz decidiu, por 7 votos a 6, retirar do texto a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

COMISSÃO

O assunto ainda chama atenção do noticia nacional. Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, e representantes do Ministério da Defesa e da Aeronáutica não trouxeram informações adicionais, em suas exposições iniciais, sobre o caso do sargento da Força Aérea Brasileira preso com cocaína na Espanha em tripulação de aeronave que acompanhava a comitiva do presidente Jair Bolsonaro no dia 25 de junho passado.

CONSTRANGIMENTO

Sem prestar informações sobre a investigação, Augusto Heleno disse que o caso está sendo apurado e será solucionado. O general se disse triste pelo episódio porque a tripulação normalmente é escolhida “a dedo”. “É lamentável o fato porque as populações que trabalham e transitam com as aeronaves são escolhidas a dedo”, disse o ministro, na manhã desta quarta-feira, 10, na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados.

MAIS REFORMA

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, convocou para esta quarta-feira    uma reunião para instalar a comissão especial responsável por analisar o mérito (conteúdo) da reforma tributária .

 

MERCADO OTIMISTA

A expectativa positiva em relação ao processo de votação da proposta de reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara norteia os negócios nesta quarta-feira (10), na B3, que na terça-feira ficou fechada por conta do feriado no Estado de São Paulo (Revolução Constitucionalista).

ECONOMIA

A alta das bolsas em Nova York também ampara a valorização por aqui, após o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Jerome Powell, reiterar os riscos à economia. Powell afirmou que a fraqueza de outras economias pode afetar os EUA, e voltou a dizer que, para muitos dirigentes, o argumento para uma política mais acomodatícia se fortaleceu.

 

FRASE DO DIA

‘Ou eu ou ele’, diz o prefeito de São Paulo,  Bruno Covas ao defender expulsão de Aécio do PSDB

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *