Parque Marinha do Brasil será sede de circuito de slackline

A edição de 2019 do Circuito Social Slackline já tem data para acontecer: será dia 1º, no Parque Marinha do Brasil, em Porto Alegre. Promovido pelo projeto “Slack Sem Fronteiras”, o evento acontece há quatro anos, sendo que as primeiras duas edições tiveram como sede o Marinha.

A novidade neste ano é que o Circuito será dividido em quatro etapadas, cada uma delas em municípios diferentes (Porto Alegre, em setembro, Canoas, em outubro, Farroupilha, em novembro e Torres, em dezembro). Além disso, essa edição conta com uma nova modalidade: o Speedline (travessia na fita de highline em menor tempo). As categorias tradicionais continuam na programação: iniciante, amador, pró e yogaline.

As atividades iniciam às 09h e seguem até às 19h, com oficinas gratuitas de exercício e equilíbrio sobre fitas curtas e baixas (para quem deseja saber mais e aprender a prática), atrações musicais e massagem terapêutica.

O objetivo do movimento é reunir crianças e adolescentes de projetos sociais.(Foto: Divulgação/Slack Sem Fronteiras)

O Circuito é uma ação social sem fins lucrativos realizada com a ajuda da comunidade do slackline, além de pessoas que acreditam no esporte como uma ferramenta de inclusão social. O objetivo do movimento é reunir crianças e adolescentes de projetos sociais. A partir daí, a prática do slackline é inserida como uma atividade de aprendizado.

As atividades já percorreram o Estado, passando pelos municípios de Caraá, Santo Antônio da Patrulha e Farroupinha. A iniciativa traz como principal vertente os benefícios do esporte para a saúde de cranças e jovens, auxiliando no desenvolvimento físico, psicológico e social.

Doações

Para que o Circuito aconteça com sucesso, o projeto está recebendo doações para o custeio da premiação, trófeus e medalhas, confecção de camisetas, brindes, banners e transporte.

Para conhecer o projeto e saber como ajudar, é possível entrar em contato pelos telefones (51) 98636-8202 ou (51) 98669-1799. Os interessados também podem enviar e-mail para os endereços: slacksemfronteiras@gmail.com e circuitosocialdeslackline@gmai.com.

Além disso, o projeto também pode ser encontrado no Facebook: /CSSlackiline e Instagram: @slacksemfronteiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *